Após intenso ano de trabalho, AMB passa a coordenação da Frentas para a ANPR

Em reunião, a presidente Renata Gil fez um balanço do trabalho realizado

Após um ano de trabalho, a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, entregou o cargo de coordenadora da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas) ao presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Ubiratan Cazetta, durante reunião realizada nesta quarta-feira (27).

No encontro, Renata Gil agradeceu a todas as entidades participantes da Frentas pelo trabalho realizado durante o período em que esteve à frente da coordenação. “Após um intenso trabalho, entregamos a coordenação da Frentas, confiando na legitimidade da ANPR para manter uma boa comunicação com as associações e também com o Parlamento”, disse.

Ubiratan Cazetta, que agora assume a Coordenação, agradeceu a confiança de todos e afirmou que as entidades devem se manter unidas. “O nosso trabalho é focado na liberdade e no apoio mútuo das entidades para garantir bons resultados”, afirmou.

Além da troca na coordenação, os presentes também falaram sobre as principais pautas em discussão, em especial a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 63/2013, que volta a instituir a parcela indenizatória de Valorização por Tempo de Serviço para os membros da Magistratura e do Ministério Público. A PEC já foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal e aguarda a inclusão na pauta para votação em plenário. “Devemos manter uma intensa tratativa com os líderes do Senado e reforçar a necessidade da aprovação da proposta de forma rápida”, destacou Renata Gil.

Também participaram da reunião o presidente da Associação dos Magistrados do Distrito Federal e dos Territórios (Amagis-DF), desembargador Sebastião Coelho, o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE), Eduardo André Brandão de Brito, a vice-presidente da Associação Nacional dos Procuradores e Procuradoras do Trabalho (ANPT), Lydiane Machado e Silva, o presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), Manoel Murrieta, o presidente da Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), Trajano Sousa de Melo, o presidente da Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), Edmar Jorge de Almeida e a secretária-geral da AMB, Julianne Marques.


 

(Laura Bordin – ASCOM/AMB)